Mais um jogo em que o resultado poderia ter sido melhor para a Chapecoense.

***Perder para o Atlético Mineiro dentro da Arena Independência não tem nada de anormal, mas mais uma vez ficou a clara sensação de que a Chapecoense poderia ter conquistado um resultado melhor.

***No primeiro tempo o Atlético foi muito superior. Fez 1×0 com Douglas Santos (foto) numa desatenção do sistema defensivo da Chapecoense que estava mal posicionado e deixou o lateral esquerdo livre para marcar.

***Além do gol o Atlético ainda teve outras boas chances para marcar, mas não fez e o placar do primeiro tempo ficou mesmo no 1×0. Na primeira etapa a Chapecoense nada criou em termos ofensivos.

***No segundo tempo o jogo mudou totalmente. Só deu Chapecoense. Tanto que o goleiro Danilo teve trabalho apenas aos 42 minutos da etapa final no mais só a Chapecoense atacou criou e desperdiçou as melhores chances para marcar.

***Visivelmente o Atlético Mineiro cansou no segundo tempo, pois vinha de um jogo desgastante no meio de semana contra o Corinthians, com isso a Chapecoense tomou conta do jogo, mas infelizmente não conseguiu sequer empatar o jogo que se tivesse vencido não seria exagero nenhum.

***Camilo perdeu dois gols feitos do tipo que não se pode perder em um jogo tão difícil quanto este em uma Série A de Brasileiro, além destas duas chances perdidas pelo Camilo o goleiro Vitor fez uma defesa milagrosa em uma cabeçada de Bruno Rangel.

***Foram três chances reais de gols que a Chapecoense teve, mas infelizmente nenhuma delas entrou e a derrota mais uma vez teve sabor amargo. Era jogo para no mínimo empatar.

***O que fica de consolo é que mais uma vez a Chapecoense fez um bom jogo contra um clube que está no G-4 da Série A. No segundo tempo principalmente foi muito superior ao adversário por isso o resultado poderia ter sido melhor.

***Se continuar jogando esse mesmo futebol que jogou no segundo tempo sem medo de ser feliz, tentando diminuir o máximo possível os erros e não perder tantos gols a chance de se manter na Série A vai ser muito grande.

***Menos mal que de todos os clubes que estão ali na parte de baixo da tabela, na confusão como diz o Luxemburgo apenas o Figueirense venceu, todos os demais perderam ou empataram e com isso a Chapecoense continua 04 pontos distante da zona de rebaixamento e agora com dois jogos seguidos dentro de casa. Na quarta-feira as 22 horas tem o São Paulo na Arena Condá na primeira das cinco decisões que terá dentro de casa para se manter na Série A.

 

 

 

Técnico Jorginho espera por Bruno Silva para definir o time. Fabinho Alves confirmado no ataque.

 

***A Chapecoense finalizou a sua preparação para o jogo contra o Atlético Mineiro em Chapecó na manhã de ontem e a tarde seguiu viagem para Belo Horizonte onde nesta tarde realiza um último treinamento.

***Hoje saberemos se o volante Bruno Silva poderá jogar. Acontece que ele pegou dois jogos de suspensão e a Chapecoense entrou com pedido de efeito suspensivo para que ele possa jogar. Ele é a única dúvida que tem o técnico Jorginho para o jogo de amanhã.

***O time deverá então ser Danilo, Fabiano, Rafael Lima, Grolli e Rodrigo Biro; Bruno Silva ou Wanderson, Diones, Dedé e Camilo; Fabinho Alves e Leandro.

***Como podemos notar na ausência do Tiago Luis mais uma vez o Fabinho Alves vai ter uma oportunidade. Que ele saiba aproveitar é o que esperamos.

***A gente nota que ele tem uma grande rejeição junto aos torcedores, porém, conta com a confiança do técnico Jorginho. Que saiba então, corresponder a esta confiança.

***Tivemos na quarta-feira uma noção do que espera a Chapecoense no jogo de sábado lá na Arena Independência na vitória extraordinária do Atlético Mineiro sobre o Corinthians por 4×1.

***Foi uma atuação de luxo do Atlético Mineiro. Jogou muita bola e o resultado demonstra isso. Foi uma classificação heróica e que da muita moral para o jogo contra a Chapecoense.

***Com certeza essa vitória vai dar uma motivação ainda maior para o time e principalmente para a torcida que com certeza vai lotar a Arena Independência. Vai ser mais um teste de fogo para a Chapecoense.

***Por outro lado os ingressos para o jogo contra o São Paulo já estão disponíveis para os torcedores nos pontos de venda ao valor de R$ 80,00 as Gerais; R$ 100,00 as Sociais e R$ 120,00 as Cadeiras. Vem ai mais um jogo inédito em Chapecó. Pela primeira vez o poderoso Tricolor Paulista pisará na Arena Condá. Mais um jogo para casa cheia independente do resultado do jogo contra o Atlético Mineiro.

 

 

A situação da Chapecoense melhorou, mas o caminho a ser percorrido ainda é longo e difícil.

***Claro que estas duas vitórias seguidas sobre Inter e Bahia foram importantes e animadoras para a Chapecoense. A situação é um pouco mais tranquila do que era dias atrás.

***Mas a Chapecoense não pode de jeito nenhum imaginar que daqui pra frente vai ter facilidades para permanecer na Série A. Muita calma nessa hora porque com certeza a batalha para escapar do rebaixamento vai continuar sendo muito difícil.

***Neste momento o primeiro clube fora da zona de rebaixamento na Série A é o Vitória da Bahia que está na 16ª colocação, tem 31 pontos com 36,9% de aproveitamento.

***Isso significa dizer que se esta porcentagem se mantiver até o final do campeonato seriam necessários 43 pontos para um clube se manter na Série A.

***Assim sendo a Chapecoense necessitaria teoricamente de mais três vitórias para alcançar esta pontuação, porém, acho que dificilmente este percentual não vai aumentar até o final da Série A.

***Essa é a tendência, pois os clubes que estão na parte de baixo da tabela estão pontuando, inclusive, aqueles que estão na zona de rebaixamento.

***Por isso imagino que talvez a Chapecoense precise ainda de mais quatro vitórias para se manter na Série A, chegando aos 46 pontos a chance de rebaixamento vai ser muito pequena.

***A Chapecoense tem ainda na seqüência e pela ordem os seguintes jogos: Atlético/MG/F, São Paulo/C, Santos/C, Flamengo/F, Figueirense/F, Vitória/C, Fluminense/F, Botafogo/C, Cruzeiro/C e Goiás/F.

***O caminho para chegar às quatro vitórias e nos 46 pontos é longo e difícil, mas se o time conseguir manter o desempenho dos dois últimos jogos a missão pode ficar menos difícil do que possa parecer.

***Apesar da boa melhorada que o time deu ainda não temos motivos para comemorar nada por antecipação uma vez que nesta reta de chegada a tendência é de que se aumentem as dificuldades, pois os outros times também irão para o tudo ou nada e a tendência é de que sejam todos os jogos muito mais difíceis a partir de agora.

***Mas é inegável que desde a chegada do técnico Jorginho o time vem tendo outra postura, mais ofensiva e sem medo de jogar mesmo quando joga fora de casa.

***Parece que o time finalmente entendeu que está na Série A e não é por favor de ninguém é por seus próprio méritos e isso tem sido importante para este novo comportamento do time.

***O desempenho da Chapecoense melhorou muito nas últimas rodadas tanto que se levarmos em consideração apenas o desempenho do Returno a Chapecoense tem a 7ª melhor campanha com 14 pontos em 09 jogos foram 04 vitórias 02 empates e 03 derrotas. Aproveitamento melhor até do que o do líder Cruzeiro. Este é mais um dado animador. Se continuar com esse aproveitamento com certeza permanece na Série A do ano que vem.

 

 

 

Vitória na base da garra e com um jogador a menos em campo.

***Que grande vitória conquistou a Chapecoense na Arena Fonte Nova por 1×0 diante do Bahia com o único gol sendo marcado pelo Tiago Luís aos 38 minutos do primeiro tempo.

***Porém, o Tiago Luís depois que marcou o gol tirou a camisa e recebeu cartão amarelo e aos 08 minutos do segundo tempo fez uma falta boba no ataque e acabou recebendo o segundo cartão amarelo e consequentemente o cartão vermelho deixando a Chapecoense com apenas dez homens em campo.

***Com a superioridade numérica e precisando buscar o empate o Bahia se jogou pra frente e dai surgiu mais uma vez uma muralha chamada Danilo que simplesmente fechou o gol com grandes defesas impedindo o Bahia de empatar o jogo.

***Mas não foi fácil para segurar a vitória. O segundo tempo foi de puro sofrimento até o apito final. Foi preciso as grandes defesas do Danilo e uma garra impressionante dos demais jogadores para segurar a vitória.

***E isso precisa ser devidamente enaltecido. No primeiro tempo o time teve competência para fazer 1×0 e no segundo tempo com um homem a menos não conseguiu jogar e teve que ser na base de muita garra, determinação e empenho para segurar o resultado.

***Mais três pontos importantes somados na tabela de classificação. A Chapecoense vai aos 34 pontos e está na 13ª colocação, estando 04 pontos distante da zona de rebaixamento sendo o melhor catarinense na Série A. Próximo compromisso sábado que vem. Mais uma pedreira contra o Atlético/MG em Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

A Chapecoense atropelou o Inter na Arena Condá.

***A noite do dia 09/10/2014 dificilmente vai ser esquecida pelos torcedores da Chapecoense e também do Internacional.

***Foi nesta noite que a Chapecoense simplesmente atropelou e massacrou o Colorado na Arena Condá aplicando inimagináveis 5×0 para delírio dos torcedores do Verdão do Oeste.

***Nem o mais otimista torcedor da Chapecoense e nem o mais pessimista torcedor do Inter poderia imaginar um placar assim. Vencer o Inter já seria um feito extraordinário para a Chapecoense, mas por 5×0 é para nunca mais esquecer.

***E foi realmente um banho de bola da Chapecoense. A verdade é que os 5×0 acabaram saindo baratos para o Inter tamanha a superioridade da Chapecoense o tempo todo.

***O Inter simplesmente esteve irreconhecível e a Chapecoense não perdoou e atropelou com uma atuação perto do impecável.

***A Chapecoense entrou em campo com o espírito que o jogo exigia. Sabia que o adversário era superior tecnicamente e para ter chance de sair com vitória teria que jogar a morrer e foi o que os jogadores da Chapecoense fizeram.

***A gente viu um time brigando o tempo todo pela bola, jogando com sangue nos olhos, anulando as principais jogadas do Inter, mas quando tinha posse de bola foi um time inteligente, calmo e competente para explorar os erros cometidos principalmente pela defesa do Inter e aplicar esta goleada inesquecível.

***Vitória muito justa e merecida do time comandado pelo técnico Jorginho que foi muito superior ao Inter do Abel Braga e o resultado diz tudo o que foi o jogo. Nem precisa ficar comentando muito.

***Uma vitória histórica como essa tem que ser devidamente curtida, enaltecida e comemorada, parabenizando a diretoria do clube, patrocinadores, comissão técnica, jogadores, funcionários e torcedores.

***Foi à união de todos que fez com que a Chapecoense conquistasse essa vitória inesquecível.

***Que ela sirva para dar mais confiança e moral ao grupo de jogadores para a seqüencia do Brasileiro e dar mais esperança ao torcedor de uma permanência na Série A.

***Mas vamos em frente sem empolgação exagerada que o caminho a ser percorrido ainda é longo para evitar o indesejado rebaixamento. Domingo já tem mais uma pedreira contra o Bahia em Salvador.

 

 

 

 

Pelos resultados de ontem Chapecoense x Inter ganha em importância para os dois clubes.

***Como era de se imaginar os resultados de ontem não ajudaram e a Chapecoense vai para o jogo contra o Inter hoje as 20h30 na Arena Condá na zona de rebaixamento e precisando da vitória para sair dela. Nem empate serve.

***Por outro lado com a derrota do Cruzeiro o Inter tem mais uma vez a possibilidade de com uma vitória diminuir para 06 pontos a diferença do líder. Isso faz o jogo ganhar em importância.

***A tendência é de um grande jogo de futebol com as duas equipes precisando buscar o resultado.

***Desnecessário dizer que o Inter tem um time mais qualificado por diversas razões e por isso mesmo a Chapecoense vai ter que fazer um jogo diferenciado se quiser conquistar uma vitória.

***A Chapecoense tem que respeitar sim o Inter, mas não temer até porque ninguém perde ou ganha por antecipação. No futebol tudo é possível e vai depender do desempenho, da garra, da raça, determinação do time da Chapecoense o resultado do jogo.

***Eles terão que fazer um jogo diferente hoje. Se fizerem um jogo comum como qualquer outro a chance de vitória fica bem menor.

***Diferente do que alguns possam imaginar o fator local tem que estar ao lado da Chapecoense e o torcedor têm que fazer a sua parte. Esquecer alguns problemas que o time vem tendo e incentivar o tempo inteiro.

***Só assim, com união do time em campo e da torcida na arquibancada para ter alguma chance de vitória. Caso contrário o Inter leva os três pontos. Hoje mais do que nunca vai ser preciso a união de todos que querem o bem da Chapecoense.

Fabinho Alves não treinou e não deve enfrentar o Inter.

***O técnico Jorginho comandou na tarde desta terça-feira mais um treino coletivo na Arena Condá em preparação ao jogo contra o Inter quinta-feira as 20h30m. Um último treino será realizado na tarde de quarta-feira para finalizar a preparação.

***A novidade no treino de ontem foi à presença do atacante Tiago Luis que treinou normalmente no time titular no lugar do Fabinho Alves que para surpresa de todos estava com uma inflamação de garganta e por isso não treinou.

***É bem provável que em função desta repentina inflamação na garganta o Fabinho Alves fique de fora do time no jogo de amanhã e acho que seria até uma boa para o próprio jogador ser preservado neste momento.

***Tiago Luis recuperado de lesão pode dar uma resposta muito positiva. É atacante agudo e que gosta de fazer gols, por isso pode ser muito importante para o jogo contra o Inter.

***Com isso o time da Chapecoense teria Danilo, Fabiano, Grolli, Enrique Meza e Jussandro; Bruno Silva, Diones, Ricardo Conceição e Camilo; Tiago Luis e Leandro.

***É um time modificado principalmente na defesa, inclusive, com a estréia do Jussandro na lateral esquerda. Em função também da falta de entrosamento é que vai ter que ser um jogo de superação por parte dos jogadores. Terão que jogar a morrer se quiserem ganhar do Inter. Essa é a realidade.

Com os resultados do final de semana complicou a situação da Chapecoense na Série A.

***Os resultados do final de semana deixaram tudo muito embolado na parte de trás do Campeonato Brasileiro. A Chapecoense embora não tenha entrado para a zona de rebaixamento ficou em situação complicada uma vez que três dos clubes que estão atrás venceram e com isso o Verdão está apenas um ponto fora do Z-4 e dois da lanterna da Série A.

***Por isso mesmo o jogo contra o Inter de Porto Alegre na próxima quinta feira ganha em importância, pois para não correr o risco de entrar para o Z-4 a Chapecoense teria que vencer o Colorado gaúcho o que sabemos não é tarefa fácil pra nenhum clube desta Série A.

***Vai ser jogo com casa cheia, muito provavelmente com todos os ingressos vendidos e o time da Chapecoense vai ter que jogar uma final de Copa do Mundo se quiser obter uma vitória que é o resultado que interessa, pois caso contrário a possibilidade de ir para a zona de rebaixamento poderá ser muito grande.

***Porém, sabemos que para vencer, a Chapecoense vai ter que mais uma vez mostrar um futebol quase que perfeito na marcação e no ataque. Jogar tudo que sabe e mais um pouco e com atitude de time de Série A. Só assim mesmo para ter alguma chance de vencer o Inter mesmo com o jogo sendo em Chapecó.

 

 

 

Chapecoense volta a cometer erros fatais e perde de virada para o Palmeiras.

***No primeiro tempo a Chapecoense até que foi bem. Terminou na frente com gol de Leandro na única boa chance que tevena primeira etapa. No segundo tempo logo aos dois minutos o Fabinho Alves mais uma vez perdeu um gol feito destes que jogador de Série A não pode perder. Talvez se tivesse feito o gol a história poderia ser outra.

***Mas quem não faz leva. Isso é velho no futebol e a Chapecoense pagou caro a chance desperdiçada pelo Fabinho Alves. Esse lance matou o time da Chapecoense e deu ânimo para o Palmeiras que em 24 minutos virou para 4×1 com o Leandro ainda descontando no final.

***Leandro autor dos dois gols e Danilo que fez grandes defesas impediram que a derrota fosse por mais ontem no Pacaembu. O fiasco poderia ser bem maior.

***Claro que todo mundo está crucificando o Fabinho Alves pela derrota e pelo gol perdido, mas acho que ele não é o maior culpado. O maior culpado é o técnico Jorginho que continua insistindo com ele. Jorginho troca todo mundo menos o Fabinho Alves. Isso que é inexplicável.

***Aliás, parece que muito antes do que poderia se imaginar o técnico Jorginho perdeu suas convicções, suas alterações estão deixando o time pior do que ele está durante o jogo. Não surtem efeito nenhum e isso é preocupante.

***O momento da Chapecoense é desanimador. A diretoria tem que entrar em campo, ou melhor, no vestiário e ter mais uma vez uma boa conversa com a comissão técnica e jogadores, apesar de que nem sei se isso será suficiente para o time reagir. Se continuar assim o caminho certo será o rebaixamento para a Série B do Brasileiro. Lamentavelmente.

Chapecoense tentar manter bom retrospecto contra Palmeiras.

***No jogo do Turno a Chapecoense venceu o Palmeiras em Chapecó pelo placar de 2×0 com gols de Tiago Luis que hoje está lesionado e que vem fazendo falta e Dedé que perdeu espaço no time titular hoje e é reserva.

***Claro que cada jogo é uma história diferente, mas é fato que contra o Palmeiras a Chapecoense tem um retrospecto positivo, porém, para manter este retrospecto no jogo de hoje vai ter que jogar muito futebol.

***Até porque o Palmeiras está muito pressionando na busca pela vitória, está na zona de rebaixamento e por ser um grande clube e que vem da Série B do ano passado a cobrança da torcida e da imprensa paulista sobre eles é muito grande e eles precisam dar uma resposta vencendo a Chapecoense.

***Este é um confronto direto de dois clubes que vão lutar para permanecer na Série A do ano que vem. Legitimo jogo de seis pontos e um empate mantém a Chapecoense fora da zona de rebaixamento independente dos demais resultados.

***Mas o bom mesmo é uma vitória, pois se calcula no momento que com 43 pontos um clube escapa do rebaixamento e vencendo hoje a Chapecoense vai a 31 pontos e ficaria a quatro vitórias da permanência na Série A. Por isso uma vitória hoje seria algo de extraordinário para a Chapecoense.

***O negócio é fazer aquilo que o técnico Jorginho falou na sua entrevista coletiva aqui em Chapecó, marcar forte, de preferência jogando no campo do Palmeiras, tentar aproveitar bem as chegadas na frente e explorar a pressão pela qual está passando o Palmeiras e para isso tem que segurar o time deles no começo do jogo que assim sendo a torcida pode ficar impaciente e transferir isso para os jogadores dentro de campo. Isso se bem explorado pela Chapecoense pode ser um fator positivo.