Figueirense mereceu a vitória, pois foi muito mais time que a Chapecoense.

 

***Continua a sina de a Chapecoense não conseguir segurar o Figueirense. Ontem em Florianópolis mais uma vitória do clube da capital por 2×1. Este foi o sexto jogo entre ambos sem vitória da Chapecoense e a quarta vitória consecutiva do Figueira sob o comando do técnico Argel Fucks. E, diga-se de passagem, mais uma vitória muito merecida, pois o Figueirense foi mais time e teve mais competência.

***Todo mundo sabia que ontem seria o principal teste para a Chapecoense neste Campeonato Catarinense e o time infelizmente decepcionou.

***Mostrou ao longo do jogo que precisa melhorar e muito se quiser ir para a final do estadual e quem sabe brigar pelo titulo e tem que melhorar muito mais ainda para a Série A do Brasileiro. Foi uma derrota preocupante a de ontem para o Figueirense.

***O pior é que no primeiro tempo a Chapecoense foi bem, fez um jogo absolutamente igual e venceu por 1×0 com gol marcador pelo zagueiro Vilson. Por sua vez o Figueirense pouco assustou no primeiro tempo.

***Mas no segundo tempo a exemplo de jogos anteriores o técnico Vinícius Eutrópio adotou novamente a estratégia equivocada de recuar o time e tentar jogar apenas no contra golpes. Foi um erro fatal que facilitou a vitória do Figueirense.

***Com a Chapecoense totalmente acuada em seu campo de defesa o Figueirense partiu pra cima e patrolou a Chapecoense no seu campo de defesa.

***Para piorar ainda mais as coisas o Vinícius Eutrópio mexeu mal no time, tirou o William Barbio e ao invés de colocar um homem de meio ou de frente colocou o zagueiro Netto. Daí pediu pra perder o jogo e conseguiu. Não demorou para o Figueira virar para 2×1 com dois gols de Clayton.

***Não tem como negar que a derrota passou literalmente pelas escolhas equivocadas do técnico Vinícius Eutrópio que ao final do jogo ainda tentou justificar a derrota por erros de arbitragens e até usando o vento como argumento. Isso ai deixou o torcedor mais irritado do que já estava. Bicho feio.

***Pra completar uma noite que deu tudo errado o Joinville venceu fora de casa o Criciúma por 2×0 e passou a Chapecoense na tabela de classificação estando neste momento na vice-liderança do Hexagonal com a Chapecoense na terceira colocação.

***Nada está perdido, a vaga a final ainda pode ser conquistada, mas o time tem que melhorar muito e o treinador rever suas convicções. Quem sabe esta derrota da maneira como aconteceu sirva para dar uma sacudida no time da Chapecoense já para o jogo do próximo domingo contra o Figueira em Chapecó.

 

 

 

Com certeza Sandro Meira Ricci não vai deixar ninguém ganhar o jogo no apito.

***A última vitória da Chapecoense sobre o Figueirense foi na Série B de 2013, 2×0 lá em Florianópolis, sendo que nas últimas cinco partidas foram dois empates e três vitórias do Figueira por 1×0 e todas sob o comando do técnico Argel Fucks.

***Ou seja, o Figueirense tem sido uma pedra no caminho da Chapecoense, mas esta escrita pode ser quebrada hoje quando os dois voltam a se enfrentar no Orlando Scarpelli muito embora até um empate seja um bom resultado para a Chapecoense, mas desde que vença o jogo do próximo domingo em Chapecó.

***O jogo tem tudo para ser muito quente, até pela sua importância para efeitos de tabela de classificação e futuro do estadual, também pela rivalidade recente que se criou entre Figueirense Chapecoense e pelas declarações sempre fortes do Argel Fucks e do presidente Sandro Palloro que não se aturam e não fazem nenhuma questão de esconder isso.

***Mesmo tendo levado a melhor nos últimos jogos sinceramente não acho o Figueirense superior ao time da Chapecoense, os dois se equivalem, mas o Figueirense tem jogado com mais determinação nos últimos jogos, com muito mais imposição física e se a Chapecoense não conseguir se equiparar ao adversário neste quesito pode perder novamente.

***É jogo para o time da Chapecoense entrar firme e forte. Jogar com personalidade, como time grande que é de Série A do Brasileiro. Se amarelar perde de novo.

***E com certeza o Sandro Meira Ricci não vai deixar que nenhum time ganhe no grito ou na pressão. Quem quiser ganhar o jogo tem que ser jogando futebol. A gritaria de ambas as partes tem que ficar de fora do campo e para depois do jogo apenas para festa da imprensa e da torcida.

 

Chapecoense vence e encosta novamente no Figueirense.

***Com a vitória da Chapecoense por 1×0 sobre o Metropolitano na Arena Condá e o empate em 0×0 do Figueirense com o Criciúma no Orlando Scarpelli os dois clubes estão com 08 pontos dividindo a liderança do Hexagonal Final, porém, pelo saldo de gols o Figueirense continua na primeira colocação.

***Logo em seguida vem o Joinville que com a vitória fora de casa por 1×0 sobre o Inter de Lages está na terceira colocação com 07 pontos, também está, portanto, muito vivo na briga por uma vaga a final do Estadual.

***Em seguida aparece o Inter de Lages com 04 pontos, Metropolitano com 03 e Criciúma com 02. Estes três últimos pelo jeito com chances bem menores de brigar por uma vaga a final.

***A próxima rodada, quarta-feira, marca Figueirense x Chapecoense; Criciúma x Joinville e Metropolitano x Inter de Lages. No final de semana que vem os jogos serão os mesmos apenas com os mandos de campo invertidos.

***Em relação a vitória da Chapecoense foi uma vitória justa, merecida e absolutamente tranquila do time que foi melhor em campo o tempo inteiro. Poderia ter sido por goleada a vitória da Chapecoense.

***O Metropolitano não deu um chute a gol sequer e a Chapecoense criou, mas desperdiçou várias chances e por isso venceu por apenas 1×0 com bonito gol de Roger que novamente desperdiçou pênalti, mas a vitória poderia ter sido por goleada se a Chapecoense tivesse caprichado um pouco mais nas conclusões. Mesmo assim valeu pelo resultado, pois fundamental era vencer o jogo.

 

 

Chapecoense goleia Interporto e se classifica para segunda fase da Copa do Brasil.

***A Chapecoense fez o que dela se esperava, ou seja, não tomou conhecimento do Interporto e venceu por 5×2 eliminando assim o adversário da Copa do Brasil e a necessidade de disputar a segunda partida que seria em Chapecó.

***Como não vimos o jogo fica difícil analisar tecnicamente o que foi a partida, mas por aquilo que foi transmitido pelos colegas da Rádio Chapecó a vitória foi muito tranqüila tanto que no primeiro tempo já estava 4×0 para a Chapecoense com dois gols de Bruno Rangel e dois de Hyoran. No segundo tempo Bruno Rangel ampliou para 5×0 e o Interporto descontou fazendo dois gols, mas nada que colocasse em risco a classificação para a segunda fase da competição.

***Claro que uma vitória dessas tem que ser enaltecida e comemorada, porém, é sempre bom lembrar a fragilidade do adversário o que com certeza facilitou a vida da Chapecoense que por sua vez cumpriu bem com a sua missão.

***Agora a Chapecoense espera pelo seu adversário da segunda fase da Copa do Brasil que deve ser o Sport Recife que vai enfrentar o Cene do Mato Grosso do Sul e deve se classificar.

***Mas Copa do Brasil fica para depois, agora as atenções se voltam novamente para o Campeonato Catarinense uma vez que no domingo a Chapecoense tem jogo importantíssimo contra o Metropolitano na Arena Condá onde só a vitória interessa.

 

Chapecoense começa hoje sua quinta participação na Copa do Brasil.

***A Chapecoense começa hoje contra o Interporto na cidade de Porto Nacional no Tocantins a sua quinta participação na Copa do Brasil. Nas quatro vezes anteriores não foi muito bem, pois não conseguiu sequer passar da segunda fase da competição. Tomara que desta vez seja diferente, até porque agora a Chapecoense é um clube da Série A do Brasileiro.

***Se vencer hoje por dois gols de diferença a Chapecoense elimina a necessidade da realização do segundo jogo o que também seria interessante, pois assim a Chapecoense poderia concentrar pelo menos por enquanto todas as suas atenções no Campeonato Catarinense.

***O Interporto é o atual campeão do Tocantins e vai disputar neste ano a Série D do Brasileiro, sua cidade fica cerca de 60 quilômetros distante da capital Palmas. O clube tem um investimento modesto uma vez que a folha salarial fica na casa dos 80 mil reais e seu estádio tem capacidade para apenas 1.800 torcedores, ou seja, deve ser um time que a Chapecoense tem todas as condições de vencer e quem sabe eliminar da competição já na primeira partida.

***Para isso acontecer é só a Chapecoense jogar aquilo que sabe e com seriedade o jogo inteiro que daí tem todas as condições de voltar de lá já classificada para a segunda fase da Copa do Brasil.

***Só não pode entrar em campo achando que vai ganhar sem fazer muita força que daí corre o risco de nem ganhar. Muita seriedade no jogo e respeito ao adversário é o que a Chapecoense precisa ter logo mais a noite.

***É provável que o técnico Vinícius Eutrópio escale um time misto para o jogo de hoje poupando alguns jogadores para o jogo contra o Metropolitano no domingo que vem em Chapecó e até para não haver um desgaste muito grande.

***Até pode fazer isso, mas o time que entrar em campo tem que jogar pra valer o tempo inteiro e que, por favor, não façam como nos últimos jogos quando a Chapecoense entrou em campo parecendo que estava jogando um amistoso e não um jogo oficial.

***Este time da Chapecoense já mostrou que tem potencial, mas precisa resgatar seu verdadeiro futebol, pois o time que nós vimos nos últimos jogos não é nem sombra daquele que foi muito bem no início do Estadual. Qualidade tem e por isso está na hora da retomada do bom futebol quem sabe já a partir do jogo de hoje.

***Interporto e Chapecoense que começa as 20h30 não terá transmissão pela TV por isso mais uma vez o velho e bom rádio será o grande companheiro dos torcedores que irão acompanhar o jogo. A Rádio Chapecó e Antena 1 FM transmitem o jogo. Boa sorte para o nosso Verdão e que volte de lá quem sabe com a classificação assegurada já na primeira partida.

***Encontrei ontem e falei rapidamente com o meia Camilo que continua se recuperando de lesão. Ele me pareceu que estava bastante triste e abatido, pois já era para estar de volta aos gramados, porém, ele se recuperou da primeira lesão, mas apareceu outra da qual está se tratando e sem previsão de volta aos gramados. Ele não quis polemizar o porquê de surgir esta nova lesão, mas que estava bastante chateado isso ficou muito claro. Uma pena.

 

Enquanto a Chapecoense cai de produção o Figueirense cresce no Estadual.

***O Figueirense atropelou o Metropolitano dentro da sua casa e aplicou 4×0 sem dó nem piedade. Isso que mandou ainda duas bolas na trave. É o melhor time do momento no Campeonato Catarinense tanto que é líder isolado do Hexagonal Final com 07 pontos.

***No momento o Figueirense é o grande favorito para uma vaga a final e o que é mais importante, pra fazer a final em casa. Time forte, brigador e que vai pra cima do adversário como fez contra o Metropolitano.

***Enquanto o Figueirense melhora na hora certa a Chapecoense cai de produção na hora errada. Hoje mais uma vez foi muito mal no empate em 0×0 contra o fraco time do Joinville. Pelo menos desta vez todos dentro do clube que estavam lá admitiram que o desempenho do time foi muito ruim. Mais uma vez faltou vontade de vencer, força ofensiva.

***O Vinícius Eutrópio escalou mal o time e mexeu pior ainda. Começou com três volantes e nenhum armador no primeiro tempo. No intervalo já deveria ter substituído, mas não mudou. No segundo tempo mexeu mal. Desde os 15 minutos o Joinville jogou com um homem a menos e ao invés dele colocar Maranhão em campo fez três substituições e nada do Maranhão entrar. Deixou de ganhar o jogo. Mais um empate amargo.

***Outra coisa. Já está na hora do Richarlyson pegar um banco né? Quando estiver melhor condicionado fisicamente e entrosado com o time poderá voltar, mas até agora não justificou todas as chances que teve.

***Nos primeiros jogos a Chapecoense começou muito bem o Estadual, chegou a encantar nos primeiros jogos e foi apontada por muitos como o bicho papão do Campeonato Catarinense. Não é mais, pois caiu muito de produção. O bicho papão agora é o Figueirense.

Jogo quente nesta tarde em Joinville.

***Deveremos ter um jogo muito quente nesta tarde na Arena Joinville uma vez que o jogo está sendo encarado pelo Joinville como uma decisão, pois a pressão sobre eles principalmente por parte da torcida é muito grande.

***A Chapecoense tem que entrar em campo com este mesmo espírito de decisão, caso contrário as dificuldades serão maiores. Muitos, inclusive, em Joinville, consideram a Chapecoense favorita, mas eu não penso assim.

***Claro que a Chapecoense tem time até pra ganhar do Joinville, além disso, vai muito bem fora de casa, em seis jogos foram três vitórias e três empates, mas jogar em Joinville sempre foi muito complicado e hoje não deve ser diferente.

***É bom lembrar que o Joinville apesar da derrota para o Figueirense no meio de semana tem três pontos e pode com vitória ultrapassar a Chapecoense. Por isso que tem muita coisa em jogo nesta tarde na Arena Joinville. Jogo importantíssimo. Boa sorte para o Verdão.

 

Mesmo sem apresentar um grande futebol a Chapecoense mereceu a vitória.

***A Chapecoense cumpriu bem com sua missão de vencer o Inter de Lages ontem na Arena Condá. Fez 2×0 em um jogo ruim no primeiro tempo e que melhorou um pouco no segundo quando saíram os gols.

***O Inter não veio nem para empatar o jogo, veio para perder por pouco e isso dito pelo seu próprio treinador. Retranca pura. E quando se enfrenta esse tipo de adversário só fazendo gol cedo para o jogo não ser ruim e chato. Como a Chapecoense não fez gol cedo o primeiro tempo foi ruim e chato.

***No segundo tempo o time melhorou, foi pra cima com mais objetividade, mas só aos 28 minutos fez o primeiro gol através de Ananias e logo em seguida fez o segundo através do Roger. Venceu quem mereceu e quem quis o resultado o jogo inteiro.

***Mesmo que a Chapecoense não tenha apresentado aquele futebol que o torcedor espera principalmente no primeiro tempo não se pode tirar os méritos do time que teve calma, paciência e soube matar o jogo na hora certa. A campanha continua sendo muito boa e o Verdão continua caminhando firme rumo à final do Estadual.

***Em tempo gente. Para o Campeonato Catarinense não é mais possível contratar. O prazo de inscrições já se encerrou e todos os times terão que ir com o que tem no momento.

***Para o Brasileiro daí sim a Chapecoense vai ter que contratar e a diretoria já disse que vai contratar. Em minha opinião pelo menos mais cinco jogadores em nível de titularidade terão que ser contratados. Um lateral esquerdo, um volante, um meia e dois atacantes são as maiores prioridades em minha opinião, mas isso para o Brasileiro, pois para o Estadual não é mais possível.

 

 

 

 

 

Chapecoense recebe o Inter de Lages com a missão de vencer o jogo.

***A Chapecoense recebe nesta noite as 19h30 na Arena Condá o Inter de Lages pela segunda rodada do Hexagonal Final do Estadual. Com todo respeito que o adversário merece, mas apenas a vitória interessa ao Verdão do Oeste no jogo de hoje.

***Podemos dizer que o Inter de Lages que veio da Segunda Divisão é a grata surpresa deste Campeonato Catarinense. Já cumpriu com sua missão que era se manter na elite do futebol catarinense ao se classificar para o Hexagonal Final escapando assim do Quadrangular da Morte, alem de conseguir também uma vaga a Série D do Brasileiro ao lado do Metropolitano.

***Para a Chapecoense o objetivo agora é ir em busca de uma vaga a final do Estadual e para isso não pode perder pontos dentro de casa. No jogo de hoje vitória é questão de obrigação para a Chapecoense. Se vencer hoje o empate diante do Criciúma passa a ser um bom resultado, mas se não ganhar aquele empate se torna um resultado ruim.

***É só jogar com muita seriedade o tempo inteiro que a Chapecoense fatura os três pontos e vai com mais tranqüilidade no domingo enfrentar o Joinville fora de casa uma vez que lá com certeza o jogo será bem mais difícil.

***Provável time da Chapecoense: Nivaldo, Apodi, Rafael Lima, Vilson ou Neto e Dener; Wanderson, Elicarlos, Richarlyson ou Hyoran, William Barbio e Ananias. Roger.

 

 

 

JEC termina primeira rodada na liderança do Hexagonal.

***Criciúma e Chapecoense ficaram no empate em 1×1 no sábado no Estádio Heriberto Hulsse em Criciúma. Com isso, segue o jejum de 15 anos sem vitória da Chapecoense lá em Criciúma e se não caiu esse incomodo tabu no jogo de sábado minha gente, acho que ele vai durar mais uns 15 anos, pois poucas vezes foi tão fácil para a Chapecoense vencer lá como foi no sábado, mas infelizmente a vitória escapou.

***No primeiro tempo a Chapecoense foi melhor, fez 1×0 com Roger de pênalti e poderia ter encaminhado a vitória ainda na primeira etapa, porém, no segundo tempo o time recuou, o Criciúma cresceu e chegou ao empate. Um castigo merecido para a Chapecoense.

***O que ninguém entendeu é porque a Chapecoense recuou tanto no segundo tempo arriscando tudo nos contra ataques. Foi uma estratégia totalmente equivocada, pois ficou claro durante o jogo inteiro que a Chapecoense mesmo com os desfalques tem muito mais time no momento que o Criciúma.

***Tudo bem que começar um Hexagonal Final jogando em Criciúma e empatar o jogo não é nenhum desastre, mas ficou mais uma vez a clara impressão que se o time tivesse jogado com mais ambição de vitória no segundo tempo voltaria com três pontos na tabela de classificação ao invés de apenas um.

***Na quarta-feira a Chapecoense recebe o Inter de Lages e vai entrar em campo com a obrigação de vencer, pois time que quer chegar a final do Estadual não pode se dar ao luxo de perder pontos dentro de casa para os considerados pequenos.

Resultados 1ª Rodada do Hexagonal

Criciúma 1×1 Chapecoense

Inter de Lages 1×1 Figueirense

Joinville 2×1 Metropolitano

 

Classificação

1)         Joinville – 03 Pts

2)         Chapecoense, Criciúma, Figueirense e Inter de Lages – 01 Pt

3)         Metropolitano – 00

Próximos jogos

4ª Feira

19h30 – Chapecoense x Inter de Lages

22h00 – Metropolitano x Criciúma

5ª Feira

19h30 – Figueirense x Joinville